Regras para comunicar na Internet com credibilidade e segurança - Cachapuz

Browser not suported.

Download an updated browser:

Chrome

Firefox

Notícias

Regras para comunicar na Internet com credibilidade e segurança

29 Maio, 2020

Regras para comunicar na Internet com credibilidade e segurança

Numa altura em que os contactos, as reuniões e as conversas se realizam, sobretudo, nas plataformas digitais, torna-se necessário adotar regras de comportamento que sejam adequadas em ambiente virtual. Uniformizar a comunicação na rede e evitar situações constrangedoras são os principais objetivos da Netiqueta, a etiqueta na Internet.

 

Tome nota de algumas regras que deverá ter em atenção, independentemente da plataforma digital que esteja a utilizar. Lembre-se que, do outro lado, está sempre uma pessoa, cuja privacidade e bom nome deverá respeitar e preservar:

 

  • Manter os padrões de comportamento que segue na vida real;
  • Não falar de assuntos privados em público;
  • Respeitar a lei;
  • Responder sempre ao contacto;
  • Ajudar sempre que puder;
  • Referenciar a origem da informação, das fotografias e/ou das citações;
  • Verificar sempre a gramática e a ortografia antes de enviar ou publicar;
  • Reconhecer e pedir desculpa pelos erros.

 

Existem também normas específicas que deverá ter em mente, sempre que utiliza as redes sociais, o email, os fóruns de discussão e as videoconferências. Ainda assim e, de forma geral, não se esqueça de:

 

  • Identificar-se (através do nome e/ou de uma fotografia) sem mentir ou ocultar a sua verdadeira identidade;
  • Respeitar e preservar a sua privacidade, bem como a dos outros (colegas, família, amigos);
  • Manter uma postura profissional na forma como fala e escreve;
  • Não publicar conteúdos indevidos, ilegais ou que ofendam os outros.

 

Para que tudo corra bem, deverá também garantir a segurança do seu computador. Instale um programa antivírus e uma firewall, não aceda a emails e links “suspeitos” e evite partilhar dados pessoais em plataformas cuja fonte desconhece ou não sejam reconhecidas como “seguras”.

 

Se cumprir com todas estas recomendações, as suas comunicações e contactos serão mais seguros, credíveis e bem aceites bem comunidade.