Cachapuz impõe-se ao serviço do setor agroalimentar - Cachapuz

Browser not suported.

Download an updated browser:

Chrome

Firefox

Clipping

Cachapuz impõe-se ao serviço do setor agroalimentar

2 Julho, 2015

O setor agroalimentar em Portugal é um dos setores mais influentes para a economia nacional. Caracteriza-se essencialmente pela produção de produtos genuinamente portugueses em território nacional, por sinal muito competitivos nos mercados externos.

 

A FIPA – Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares – tem vindo a estudar e desenvolver métodos e estratégias que elevem os nossos produtos para além-fronteiras. A sua internacionalização é um objetivo vincado que procura a definição dos eixos de competitividade do setor e a estabilização da balança comercial alimentar através do aumento das exportações e diminuição das importações.

 

O setor agroalimentar foi um dos setores no qual a Cachapuz se empenhou desde a sua fundação. No ano de 1920, os primórdios da atividade “Cachapuz”, já se produziam balanças para pesagem e/ou contagem de produtos próprios da época (frutas, legumes, cereais, hortícolas, carne, entre outros), servindo de forma inovadora e já bastante evoluída o setor em questão. A produtividade era grande mas a mão-de-obra escasseava, por isso adquirir o equipamento certo tornava-se fundamental. Balanças decimais ou centesimais, de madeira e outras já em inox, contribuíram eficazmente para a precisão incontestável na pesagem, não descurando o conjunto de funções preciosas que maximizavam a eficiência de ação num negócio que tanto os produtores requeriam. Exemplos disso foram a balança centesimal R/11-A, própria para a pesagem de uvas e a balança tipo R/20, própria para talhos para a pesagem de carnes.

 

Mudam-se os tempos, mudam-se as pesagens. A esta performance exemplar e digna de um nome histórico, juntam-se outras soluções de pesagem que rapidamente passaram a ser industriais.
Aos dias de hoje, a Cachapuz é líder nacional e uma referência europeia na produção de soluções para a automatização de processos de pesagem e a sua logística, personalizando cada solução de acordo com as necessidades dos seus clientes. No que concerne ao setor agroalimentar, a Cachapuz dispõe de duas soluções inovadoras e tecnologicamente avançadas: o SLV Tomato e o SLV Cereals.

 

Ambas as soluções estão assentes num software “inteligente” que automatiza e sistematiza as operações associadas à pesagem. Está também integrada a gestão logística das operações fornecendo o registo informatizado das mesmas em tempo real e facultando o posterior tratamento administrativo da informação registada. Resultado: um aumento do índice da qualidade de serviço com o natural incremento da satisfação do cliente.

 

Estas são algumas das várias referências históricas que demonstram a visão da empresa e a sua enorme capacidade de se “inovar”, prova do investimento contínuo em formação e adaptação aos distintos setores e, especialmente, às diferentes personalidades e respetivas realidades empresariais.
Aliando o elevado profissionalismo a uma visão singular do mercado, a Cachapuz constitui assim um dos principais alicerces para o desenvolvimento do setor agroalimentar. Claramente, um setor de “peso”.

 

Encontre este artigo de “peso” na edição nr. 170 da Revista SIM, 1ª quinzena de julho.